Educação de qualidade para a opinião publicada

Educação de qualidade para a opinião publicada

O discurso genérico da opinião publicada é e continua sendo "educação de qualidade", mas a maior parte dos seus componentes resolveu a necessidade ou aspiração individualmente: buscou o ensino privado, em todos os níveis. O ensino público acabou atendendo apenas ou predominantemente as pessoas de renda mais baixa, que não tem condições de pagar as mensalidades das escolas privadas.

A exceção está nas universidades públicas, de uso gratuito. Em função da qualidade do ensino, a classe média quer manter o acesso a elas, mantendo a gratuidade. O que tem levado ao risco da deterioração da qualidade, pela carência de recursos públicos.

Diante dessas circunstâncias os temas principais da agenda educacional para a opinião publicada seriam:


  • regulação maior ou menor dos currículos escolares;
  • controle estatal ou não dos valores das mensalidades e dos seus reajustes;
  • maior ou menor interferência estatal nas relações de trabalho entre a escola e seus empregados;
  • cobrança ou não pelos serviços educacionais das Universidade públicas.
As prioridades das propostas dos novatos seriam (ou deveriam ser) a nova organização da educação brasileira, baseada no ensino privado, a partir da "lente do consumidor". 

Quais são as propostas para uma educação de qualidade, paga, para os eleitores integrantes da opinião publicada, que se confunde - em grande parte - com a classe média. 

Os Governos petistas optaram por promover o ensino privado, através de subsídios aos estudantes de menor renda, para viabilizar o ingresso deles "na faculdade". É uma das principais aspirações das famílias e dos jovens de renda mais baixa. É percebida como uma condição essencial para a ascensão social.

Essa política deu margem à formação de grandes conglomerados empresariais. 

Seria esse o modelo educacional mais adequado para o Brasil?

Os novatos precisam sair do bordão "educação de qualidade" para a proposição do "modelo educacional" com visões segundo diversas dimensões: para efeito eleitoral, o mais importante é a visão do consumidor, usuário ou da família do estudante.

(cont)






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um novo amor!

Em 10/06/2018 publicamos este "post" Para que se efetive uma ampla renovação do Congresso Nacional duas condições são essenciais...