quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

O que quer o clã Bolsonaro?

Jair Bolsonaro foi eleito como um mito. Ele mesmo alimentou o imaginário popular, favorecido por circunstâncias.  Como um vulto dá margem a diversas interpretações, com cada qual vendo uma parte e tentando decifrar ou definir o todo. O mito é resguardado pelo seu filho Carlos, o guardião. 
Todos os que buscam ingressar no círculo íntimo e tentam influenciar o Presidente são repelidos e instados a se afastarem. 
Com o sucessivo afastamento dos "velhos amigos" civis, com o monarca Bolsonaro, cercado pelos seus filhos, como evoluirá a gestão Bolsonaro? 
Tirando as áreas estratégicas assumidos pelos superministros plenipotenciários, as assumidas pelos militares, do ponto de vista administrativo, fica a cargo da governança do Presidente um remanescente de áreas, aparentemente soltas. Essas só ganham importância quando "sacudidas" por acidentes, como o caso da área ambiental. Fora disso, só "tocam a rotina", sem maiores repercussões gerais. 
Como caminhará o Governo, dentro dessas circunstancias e o que acontecerá com o Brasil nos próximos anos ? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem vai mandar no Estado Brasileiro?

Os favoráveis ao decreto que flexibilizou o porte e posse de armas, o defendem em função do seu conteúdo, prometido ao longo da campanha ...