sábado, 6 de junho de 2015

Mudar o eixo de crescimento do Brasil

O Brasil tem uma nova oportunidade de voltar a crescer, mudando o seu eixo estrutural e territorial.
O eixo estrutural é aceitar e desenvolver o Brasil das commodities, deixando de rejeitá-lo. O territorial, como consequência é dotá-lo de uma logística própria, independente do Brasil Industrial que se instalou no sudeste.
A alternativa está o eixo e saída norte.
O momento é agora com o lançamento do pacote de concessões da infraestrutura logística. 
Se o Brasil definir o Eixo Norte, como o seu novo grande projeto, os investidores privados irão investir - preferencialmente - nas concessões vinculadas a esse.
O sudeste está enfraquecido. A Presidente o perdeu e não tem como recuperar a curto prazo. Precisa de uma agenda positiva inovadora e de alto impacto. 

Esse é o Brasil novo, o Brasil das commodities, saindo pelo norte. 

(ver o artigo Um Novo Brasil, na coluna artigos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Trabalhador não está votando em trabalhador

A partir da constatação numérica de queda da bancada sindical no Congresso Nacional, o que resultou na derrota da visão dos trabalhadores na...