segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Aré onde e quando vai a crise?

A crise brasileira não é um fenômeno natural. É um processo social, provocado pelos próprios brasileiros.
Os motores para a retomada do circuito de crescimento estão parados, por ineficácia das medidas de ativação e por impasses políticos.


O impasse político só se resolve quando uma parte vence a outra, ou entram num acordo efetivo. A perspectiva é de um empate prolongado que só se resolverá em 2018, com as novas eleições gerais.

A crise econômica é contaminada pela crise política, porque o Governo insiste em soluções que dependem de aprovação do Congresso.
Insistindo nos rumos e nos focos da política econômica  governamental, a crise econômica também seguirá até 2018.

Mas há saídas para abreviá-las.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O perfil dos novatos (2)

Os novatos estão fascinados com o suposto poder da rede social e se concentrarão no meio virtual.  Poucos se dedicarão aos tradicionais mét...