domingo, 8 de novembro de 2015

Haddad 2024

O acadêmico e aprendiz de político Fernando Haddad é um raro caso de gestor público eleito com pretensões de estadista. Não tem com objetivo a sua reeleição imediata. Mas de retorno, para usufruir e completar a sua missão. 


Comete muitos erros, principalmente porque quer implantar logo e ir corrigindo no caminho. E abusa dos factoides e do marketing.

Mas está preparando a cidade para um futuro melhor.

O problema é que a sua cidade não é o município todo, mas o centro expandido, com alguma extensão.

Essa parte da cidade estará melhor em 2024, mais verticalizada, com polos altamente adensados, mas com menos população e trabalho no seu conjunto. Com menos congestionamentos e maior utilização do transporte coletivo. E, acima de tudo, com predomíno da movimentação a pé. Mais equilibrada em termos de uso e infraestrutura. 

Com as suas estratégias deliberadas voltadas ao futuro da cidade, e maquiagem de solução de curto prazo, e abandono do "resto da cidade" não tem condições de ser reeleito em 2016. Mas se coloca, desde já como um forte candidato para a Prefeitura em 2024.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário