sexta-feira, 21 de outubro de 2016

E a indústria pesqueira?

O Eduardo Ramos me indaga por que a indústria pesqueira não se desenvolveu como o agronegócio?
A realidade é objetiva: porque a atividade pesqueira no Brasil ainda é predominantemente "artesanal".

Então a pergunta é por que a atividade pesqueira não se industrializou?
A atividade pesqueira extrativa é geradora de muito trabalho, ainda que informal, sazonal, ocupando milhares de pessoas de baixa renda, que dela retiram o seu sustento, mas sem conseguir ir muito além disso. É uma atividade primária de subsistência, voltada ao mercado local.

Esse quadro gera um grande volume de pessoas, vale dizer, de eleitores com baixa renda e descontínua. Um "grande prato" para políticos em busca de votos. Prometeram, se elegeram e criaram mecanismos de proteção aos pescadores artesanais, criando o seguro-defeso. Um mecanismo necessário e essencial para a sobrevivência dos pescadores e manutenção das atividades.

Mas como benefício estatal, está sujeito a sua captura para fins diversos do inicial e a favor de interesses pessoais. Dai resultam as distorções.

Estabelecida a cadeia produtiva se estabelece a cadeia de interesses. E essa procura ampliar os seus benefícios e resistir a qualquer mudança que signifique ameaça aos mesmos.

Um comentário:

  1. Obrigado pela resposta. É uma pena! Vemos ne Europa uma grande exploração pesqueira sendo que cada país la é bem menor que o Brasil. Mais uma vez, obrigado!

    ResponderExcluir

Um bom ou mau projeto nacional (3)

O Brasil não é apenas um exportador de matérias primas agrícolas. Parte já é processada, num primeiro estágio. Outros em estágios mais avanç...