sexta-feira, 22 de abril de 2016

A ponte e o mar

A engenharia brasileira está sendo mais uma vez colocada em xeque. O acidente com a ciclovia da Avenida Niemeyer no Rio de Janeiro, recém construída pela principal empresa nacional especializada em obras em encostas coloca em dúvida a capacidade da engenharia brasileira.
Ocorrido o desastre surgem inúmeras teorias. 
Mas as fotos divulgadas mostram que os pilares resistiram ao impacto das ondas. A ponte não desabou, como parece.
As forças das ondas, simplesmente levantaram um enorme e pesado tabuleiro assentado sob os pilares, como se fosse a tampa de um isopor. E não foi um simples deslocamento. Tirou-o por inteiro e esse caiu no precipício, com o refluxo das ondas.

Além do acidente os vídeos divulgados sobre o momento da ocorrência, mostram a irresponsabilidade das autoridades. 

Pessoas circulando despreocupadamente pela ciclovia, aproveitando o feriado. E muitos curiosos lá estavam para admirar a ressaca. Foi uma tragédia para os dois mortos e suas famílias. Mas poderiam ter sido muito mais. A ciclovia tinha que ser interditada temporariamente, apesar das inevitáveis reclamações dos usuários e dos curiosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um bom ou mau projeto? (4) - Reindustrialização

Dentro da perspectiva de que o Brasil para se tornar um país desenvolvido precisava ter uma indústria própria. Até os anos 80 a indústria fo...