quinta-feira, 21 de abril de 2016

De que lado estará o bigode?

No placar divulgado pelo jornal o Estado de São Paulo, sobre as intenções de voto dos Senadores,  chamam atenção dois considerados contra: Edson Lobão e João Alberto. Dois correligionários de José Sarney.

Na Câmara dos Deputados, o Governo buscou o apoio do atual Governador do Maranhão, Flávio Dino, um declarado desafeto do clã Sarney e cujo objetivo político declarado é eliminar os resquícios de poder do clã, no Maranhão. Chegou ao ponto de converter o voto do Vice-Presidente da Câmara, Waldir Maranhão, outro oponente recente do clã.

Diante de toda essa ação do Governo apoiando os exterminadores do clã Sarney que ainda mantém dois Senadores, aquele contará com o apoio deles?

A sequência de substituição do Presidente da República, em eventuais impedimentos ou viagens ao exterior, não é pessoal, mas institucional. Caso Eduardo Cunha seja afastado da Presidência da Câmara, assume o seu posto o Vice-Presidente da Câmara.

Com o eventual afastamento de Eduardo Cunha da Presidência da Câmara, não passará o lugar na fila para Renan Calheiros, mas para Waldir Maranhão. 

O movimento Fora Dilma, Fora Cunha, leva ao poder a dupla Michel Temer - Waldir Maranhão. Pelo menos até fevereiro de 2017.

A emenda será ainda pior que o soneto. Triste a nossa sina. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um bom ou mau projeto? (4) - Reindustrialização

Dentro da perspectiva de que o Brasil para se tornar um país desenvolvido precisava ter uma indústria própria. Até os anos 80 a indústria fo...