segunda-feira, 10 de abril de 2017

O "trumpismo" de Dória

João Dória Jr, o Prefeito de São Paulo, segue a estratégia que levou Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos. 
Apresenta-se como um "outsider" da política tradicional, um empresário bem sucedido que se fez por conta própria, começando do zero. 

O importante é estar presente permanentemente na mídia, seja na tradicional, como nas novas formas, como as ferramentas da rede social: twitter, facebook, whats app, instagram e outras mais recentes. 


Com isso vai se tornando nacionalmente conhecido.  

E maquiavelicamente, já escolheu o seu inimigo preferencial: Lula. 

A sua estratégia tem um objetivo estrutural: ser reconhecido como um novo líder político nacional. Ser eleito Governador do Estado ou Presidente da República em 2018 são objetivos conjunturais. Poderá se manter como Prefeito de São Paulo, saindo no final de 2020, com alta aceitação e se posicionar para as eleições de 2022. 

Os objetivos conjunturais, como uma eleição em 2018 dependerão das circunstâncias. O importante é estar no "páreo". 

Seguirá com o seu estilo e estratégia de visibilidade permanente. O que, tem riscos, mas como Trump, acreditando que conseguirá sempre superar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esquerda, centro ou direita? (1)

A tradicional análise política divide os partidos políticos em esquerda e direita. E parte dos políticos assume um lado. Quando não assumido...