segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

A disputa paulistana de 2016

Para o PT, assim como para o PSDB, a disputa pela Prefeitura de São Paulo, em 2016 seria apenas uma prévia para 2018.

Nenhum dos dois tem ainda candidatos fortes para o Governo do Estado, em 2018. 

Alckmin não pode ser reeleito e não tem nos seus quadro de auxiliares um candidato forte. Quer então preparar João Dória como alternativa. Com a contestação das outras facções do partido.

O PT tem como alternativa Fernando Haddad, mas ele poderá ter dificuldades de se candidatar caso seja reeleito Prefeito. A sua alternativa é assumir que poderá se candidatar a Governador, colocando Chalita como o seu vice para assumir a Prefeitura nesse caso. Que depois tentaria a reeleição. Mas o objetivo principal não é vencer, mas se posicionar para 2018.

Dentro desse quadro a disputa principal será entre Celso Russomanno e Marta Teresa.  

O(a) derrotado (a) tentará o Governo do Estado em 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário