sábado, 2 de janeiro de 2016

Recuperação ou lenta decadência?

Depois de ficar vazia e sem decoração no período do Natal a Avenida Paulista recebeu um multidão, estimada em um milhão de pessoas, na festa da virada de 2015 para 2016.

Um sucesso, mas metade dos que acorreram à festa de 2014 para 2015. A cada ano vinha aumentando a frequência. Agora mudou o sentido, com uma queda relativamente brutal. Perda da 50%.

Pode-se colocar a culpa na crise econômica. Que fez com que a festa fosse menor, o palco diminuido e o tempo dos fogos pequeno.

Mas os dados da movimentação das pessoas no litoral, mostra que os paulistas foram espantar a crise nas praias. Foram mais de milhão nas praias de Santos. Outros tantos no litoral norte. A quase totalidade de paulistas .

Uma outra imporante parte dos paulistas foi ao Rio de Janeiro e Santa Catarina. Ou a Salvador. Todos com publicos maiores do que os "sem praia" que foram à Av. Paulista.

A próxima virada na Paulista, coincidirá com a mudança do Prefeito (ou não, se Haddad for reeleito). 

Qual será a trajetória futura da Av. Paulista?

 

2 comentários:

  1. Ela parece estar em lenta decadência mais pela incidência de mendigos pelo calçadão.
    Por outro lado, investimentos e iniciativas empresariais e públicas podem dar conta de uma revitalização que deve ter impulsos
    permanentes;a exemplo da construção do novo Shopping;da ciclovia;da restrição do trânsito para lazer nos finais de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, obrigado pelo comentário.
      Mas é ai que "reside o perigo". Os ambulantes, os "newhippies", os pregadores e outros invadem a Avenida. A Pefeitura não os retira, por que isso seria uma ação "higienista". Entende que todos tem direito á Avenida.
      Então a riqueza vai abandonando a Avenida. Não investem mais. O novo shopping é resultado de uma decisão antiga. Muda os escritórios e a avenida vai esvaziando e degradando. Isso já ocorreu uma vez no Conjunto Nacional, mas foi recuperado. Aguentará uma segunda vez?

      Excluir

O perfil dos novatos (2)

Os novatos estão fascinados com o suposto poder da rede social e se concentrarão no meio virtual.  Poucos se dedicarão aos tradicionais mét...