quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Os serviços de educação privada no PIB

A contribuição da educação para a economia não se resume à formação e capacitação das pessoas, à melhoria da produtividade e desenvolvimento da inovação.
Como atividade econômica, tem uma significativa participação na formação do PIB, muito superior a outros setores mais em evidência na mídia, como a indústria automobilística.
Segundo os dados anuais mais desagregados e consolidados (2011) a fabricação de automóveis, caminhões e outros veículos representava, 1,15% do PIB e 0,20% dos empregos.
Os serviços educacionais, no mesmo período, somavam 4,83% do PIB e 6% dos empregos. Seis milhões de trabalhadores estavam ocupados em serviços educacionais.
Só a educação privada equivalia à montagem de veículos automotores, com um emprego muito superior: 2,12 % contra os 0,20% do primeiro.
Por que priorizar incentivos à indústria automobilística e não aos serviços educacionais, cujo impacto a curto prazo é muito superior e tem maior importância a longo prazo. Mas neste há que se considerar melhor a dimensão qualitativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O perfil dos novatos (2)

Os novatos estão fascinados com o suposto poder da rede social e se concentrarão no meio virtual.  Poucos se dedicarão aos tradicionais mét...