quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Dória Jr um desastre

Dória Jr assume a Prefeitura e passa a gerí-la com as piores das suas características pessoais: certezas absolutas, superficialidade, autossuficiência, centralismo e voluntarismo. 

Para corrigir a "besteira" de prometer o congelamento das tarifas fará novas "besteiras". E, em 2018, ao reajustar as tarifas, logo no início do ano, irá sofrer forte reação das ruas. Com ações violentas. O que irá desgastar ainda mais a sua imagem e a do Governador. 

Adotando um perfil gerencial do "manda quem pode, obedece quem tem juízo", "vencer ou vencer", "tem que ser", "vai ser assim por que quero", com a autossuficiência de quem acha que conhece todos os problemas da cidade, tem solução pessoal para tudo, não precisa ouvir ninguém, vai levar três anos para aprender que não é bem assim. Quando aprender estará diante de um final de governo. E com risco de não ser reeleito. Será uma gestão parecida, mas pior do que a de Fernando Haddad.

Para agravar as suas agruras, o esvaziamento econômico da cidade continuará, mesmo com a superação da crise geral. 




Um comentário:

  1. CONCORDO COM DR. HORI .... EM TERMOS: DIFÍCIL SER PIOR QUE O HADDAD....!!!!! DÓRIA É INEXPERIENTE E ESPERO QUE NÃO USE DE AUTORITARISMOS.....ELE PRECISA APRENDER A OUVIR E A OBEDECER QUEM TEM EXPERIÊNCIA E SER HONESTO....NESTE PAÍS ..... DIFÍCIL, MAS NÃO IMPOSSÍVEL.....PENSO QUE A VISÃO DO DR HORI, DE ACORDO COM SEU DESEMPENHO FUTUTO É UM POUCO PESSIMISTA ..... DÓRIA É UMA INCÓGNITA QUE AINDA PODE DAR CERTO..... !!!!!!!

    ResponderExcluir

As dificuldades de Dória

Ao contrário do que alguns acham, João Agripino não foi eleito Prefeito de São Paulo, pelos votos anti-pt ou anti-esquerda. Foi eleito com...