quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Para onde vai o dinheiro do agronegócio?

O agronegócio em 2016 exportou 85 bilhões de doláres e importou de bens agropecuários 14 bilhões de doláres. Gerou um saldo em cambiais de 71 bilhões de dólares. Para onde foi esse dinheiro? 
O primeiro gasto é com o pagamento das dívidas com a safra atual e os gastos com a safra seguinte. Do excedente ou lucro uma parte é usada para o consumo pessoal e outra para investimentos além da fazenda. 
Parte importante é destinada a empreendimentos imobiliários urbanos. Outra para a logística própria. Não há investimentos da agropecuária  em infraestrutura pública, como rodovias, ferrovias, aeroportos ou portos. Neste último caso, apenas nos terminais privativos. 
A razão seria óbvia. A agropecuária, como um conjunto eminentemente privado, só tem interesse em investir em negócios privados. Entende que os investimentos em empreendimentos públicos são de responsabilidade do Estado.

Estamos agora diante de um novo quadro: 

  1. a  agropecuária voltou a crescer, depois da quebra da safra 2015/16, com aumento de produção acima de 15% em relação à safra anterior;
  2. o escoamento dessa safra encontra uma infraestrutura logística ainda mais deteriorada, sem significativos investimentos completados nestes dois últimos anos;
  3. o Estado Brasileiro não tem e não terá recursos para pesados investimentos em infraestrutura, não tendo nenhuma condição de atender às necessidades, reclamos ou reivindicações do agronegócio, em relação à logística;
  4. a melhoria da infraestrutura logística dependerá das concessões, transferindo ao setor privado os encargos de investir e operar as rodovias, ferrovias, portos e outros;
  5. para a realização desses investimentos o setor privado precisará ter recursos, oriundos dos seus ganhos ou tomados emprestados de bancos privados, pois os bancos oficiais também terão restrição de recursos;
  6. o setor que disporá de recursos de fontes externas, será o agronegócio.
Dai  resulta que um investimento significativo na infraestrutura logística só se efetivará se o próprio agronegócio decidir investir os seus ganhos. Com o objetivo de ampliar os seus ganhos. Ou ficar sonhando com negócios da China. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Riscos de empreendimentos privados de infraestrutura

O primeiro grande risco é a falta de compreensão sobre "empreendimento de infraestrutura", também caracterizado como projeto de in...