sexta-feira, 25 de março de 2016

Não vai mesmo ter golpe

Dilma vai ou não vai apresentar a sua defesa no processo de impeachment, ora em curso na Comissão Especial da Câmara dos Deputados?

Se apresentar estará validando o processo, reconhecendo a sua legalidade e constitucionalidade. 

Perderá o discurso de denunciar o processo como golpe. Resistir implica em não reconhecer a validade do processo. Se apresentar a defesa estará sendo conivente com um processo que acusa de ilegítimo.

Poderá não apresentar a defesa e questionar a constitucionalidade do processo junto ao STF. A probabilidade de derrota na Suprema Corte é elevada. 

Perderá a oportunidade de questionar o fato que deu origem à denúncia, e demonstrar que esse não configura um crime de responsabilidade da Presidência.

Ela não questiona a denúncia, mas o processo que a contém.
Leva a um suspense nas duas próximas semanas: ela apresentará ou não a sua defesa perante a Comissão Especial?

2 comentários:

  1. Muito interessante a sua pergunta, Jorge.

    Grande abraço, Ary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela armou uma armadilha para ela mesma, pela sua usual incompetência. Mas não vai sair pela lógica. Pelo menos a geral. Vai seguir a sua lógica própria,que nada tem de lógica. A não ser da sobrevivência. Abs

      Excluir

O alcance da opinião publicada

A opinião publicada está muito indignada com os últimos acontecimentos políticos, em que vem sendo "derrotada" sucessivamente.  ...