quarta-feira, 2 de março de 2016

"Tô de saco cheio"

"Não guento mais, vou mimbora"

Fiel a Dilma, o Zé aguentou no cargo, sob forte e persistente pressão dos companheiros. Para eles o Ministro da Justiça é o chefe da Policia Federal. E chefe manda: obedece quem tem juízo. Os policiais federais tem mostrado que não tem juizo. Os "cumpanheiros" acham e querem que o Ministro os enquadre. Se não fizer isso, não tem o que fazer. "Pede para sair". 
Mas a chefa não queria que ele saisse. Ela também está de saco cheio, mas aguenta firme. 
Ficar para que?
Para ter poder? Que poder se não consegue aprovar mais nada do que quer no Congresso? Que poder, se já não é mais obedecido pelos subordinados? Para manter o PT no Governo, no poder? Mas o PT acha que já não é governo. Ela nem vai ao aniversário do partido. Para manter um projeto social? Para defender os direitos dos trabalhadores? Eles acham que ela quer acabar com esses, com a reforma de previdência. 
Então para que ficar? Por que não largar tudo isso e ir cuidar dos netos, como zelosa avó, lá no Rio Grande?
Ficar só se for para poder viajar de helicóptero e ter a sensação de poder, mandando tirar os aviões da pista?
Mas do jeito que a coisa vai, o "homem do cafezinho" (ou seria a mulher?) vai lhe servir o café 8666 e frio.
Até quando o "saco vai aguentar"? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário