terça-feira, 5 de julho de 2016

Paralelo 16

O Brasil ao adentrar em uma nova etapa histórica da sua ocupação e integração territorial, está definindo o paralelo 16 como a linha imaginária que divide logisticamente o Brasil ao norte e o Brasil ao Sul Maravilha.


O paralelo que fica a 16º abaixo da linha do Equador, atravessando, no Brasil,  os Estados do Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e Bahia, seria a linha que separaria logisticamente a destinação das cargas de exportação, principalmente a soja, para os portos do sul-sudeste ou para os portos do Norte.

As rotas do centro-oeste para os portos do sul-sudeste, principalmente Santos e Paranaguá estão consolidadas. As rotas para o norte dependem de grandes investimentos em infraestrutura.

Com a crise econômica e fiscal o Governo não tem condições de iniciativa para realizar esses investimentos. Depende do interesse privado em realizá-los. 
 
porto de Itaqui - Maranhão

O dilema estratégico do Governo é gerar as condições favoráveis ao setor privado ou aguardar a solução da crise econômica para retomar o protagonismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um bom ou mau projeto nacional (3)

O Brasil não é apenas um exportador de matérias primas agrícolas. Parte já é processada, num primeiro estágio. Outros em estágios mais avanç...