segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Tripé macroeconômico x nova matriz econômica

Durante o recesso essa será a tônica da mídia sobre as opções da política econômica para 2016, o que é um confronto falso. Inventado pela mídia e alimentado pelos analistas ou especialistas.
O tripé tem um pé quebrado e outro imobilizado. Só se sustenta como um saci, na perna dos juros. Será em torno disso o principal confronto no início de 2016. 
O PT, Lula, a esquerda os trabalhadores acham que o principal entrave da economia é a politica do Banco Central. Acreditam que com a ampliação do crédito e redução da taxa de juros, a economia voltará rapidamente a crescer e aumentar os empregos.
O sistema financeiro é contra. Por razões óbvias.
Os economistas apontam para o risco de uma inflação descontrolada. 
O ajuste fiscal continuará em pauta. Mas será apenas como um espetáculo, para manter as torcidas em confronto. Continuará empatado: nem aumenta a receita, nem corta despesas. A bola mal passará do meio do campo. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário