sexta-feira, 14 de junho de 2019

Troca de seis por uma dúzia


A substituição promovida por Jair Bolsonaro na Secretaria de Governo, tem um sentido muito além do que parece, focado num confronto entre o ex-General Santos Cruz e Olavo de Carvalho junto com os filhos de Jair. 
O Presidente Bolsonaro trocou um colega da sua formação militar por outro, mas com algumas diferenças significativas. Santos Cruz era um dos poucos ex-colegas de Jair Bolsonaro que não era "coturno marrom" ou "boina lilás" que caracterizam os paraquedistas. 
Santos Cruz, como os demais generais, ex-colegas de Bolsonaro, instalados na cúpula do Governo, é da reserva. O seu substituto General Ramos Batista Pereira ainda está na ativa. 
Poderá assumir fardado, reforçando a imagem da militarização do Governo. 

Ao contrário do que inicialmente parece não foi uma vitória do grupo olavista contra a ala militar do Governo. O Presidente substituiu um supostamente "mais fraco" pelo irmão mais forte. Xingar um militar da reserva, pode ser pessoal. Xingar um militar fardado equivale a ofender toda corporação. A ala militar do Governo ficou mais forte.
O grupo olavista tentou conter as tentativas de tutela do Presidente Bolsonaro pela ala militar. Agora, com um militar da ativa, na Secretaria de Governo, o cenário "Rainha da Inglaterra" para o restante do ano torna-se o mais provável.
Jair Bolsonaro permanece na Presidência da República, sem riscos de turbulência política, mas com o parlamento assumindo plenamente o comando político do país, exercendo o seu papel de legislador e contendo as tentativas do Presidente em legislar ou alterar o legislado por decreto. 
O Governo deverá cuidar mais do que lhe é próprio: ser executivo. Deverá cuidar da prestação dos serviços públicos que lhe cabe. 
A ala militar terá o dever de fazer com que a máquina governamental funcione. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A vontade do Soberano submetida ao Senado Federal

O anúncio pelo Presidente Bolsonaro da indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil nos EUA, decorre do voluntarismo do soberano, o...