quarta-feira, 24 de junho de 2015

A indústria sobreviverá à crise?

A indústria no Brasil está se desmilinguindo com a crise, parando atividades, demitindo trabalhadores e até fechando fábricas.
Com a continuidade de crise por pelo menos um ano, podendo chegar a mais, ela continuará "ladeira abaixo". Alcançado o ajuste fiscal, ela conseguirá se restabelecer ou estará sem condições de concorrer com as importações? Precisará de barreiras para evitá-las? Com isso conseguirá se recuperar ou será apenas prolongar uma agonia e uma sobrevida?
A indústria tradicional estará irremediavelmente condenada, diante das novas circunstâncias mundiais? Haverá oportunidades para o desenvolvimento de novas oportunidades, baseadas em alta tecnologia? 
A indústria de equipamentos médicos, de medicamentos, de insumos agrícolas, de equipamentos para fontes de energia, não tradicionais e de defesa, candidatos a acompanhar a EMBRAER serão viáveis?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A vontade do Soberano submetida ao Senado Federal

O anúncio pelo Presidente Bolsonaro da indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil nos EUA, decorre do voluntarismo do soberano, o...