segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Estratégias diferenciadas com o "distritão"

Os cenários da reeleição de Glauber Braga, do Psol, mostram bem as  diferenças de perspectiva entre a manutenção do sistema proporcional, vigente atualmente, e o "distritão", ora em discussão na Câmara.
No sistema atual, Chico Alencar e Jean Wyllys podem puxar votos para eles e carregar um ou mais deputados do partido ou eventual coligação de esquerda. 
Com mais os votos de legenda, Glauber Braga, a partir da sua base em Nova Friburgo e mais a estrutura e ação partidária no Rio de Janeiro, poderia ser reeleito.
No "distritão", apenas com os seus votos em Nova Friburgo e entorno, sem uma estrutura partidária nos demais, dificilmente seria reeleito. A sua base local seria insuficiente para chegar sozinho aos 46 mais votados. 

Quais mudanças estratégicas terão que fazer os partidos e os candidatos, diante das novas regras, caso venham a ser aprovadas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A vontade do Soberano submetida ao Senado Federal

O anúncio pelo Presidente Bolsonaro da indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil nos EUA, decorre do voluntarismo do soberano, o...