sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Colapso do modelo brasileiro

A crise que estamos passando é a manifestação do colapso de um modelo de vida introvertido e consumista.
O brasileiro médio quer viver bem dentro do Brasil, com acesso pleno a todos os produtos mundiais e poder ainda viajar ao exterior, onde tudo seria mais barato. Pelo menos enquanto o dólar estava baixo.

O brasileiro não quer ficar na dependência das commodities, acha que é preciso agregar valor e exportar mais manufaturados.

Esse grande ilusão está se esfacelando com a crise atual. Agrega valor com a industrialização e não  vende. Por não estar preparado para vender.

Ou o Brasil, muda de estratégia, saindo pelo mundo - não para comprar, mas para vender - ou não sairá da crise. 

O consumismo internacionalizado do brasileiro não pode ser sustentado pelas commodities. Simplesmente porque é insustentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A vontade do Soberano submetida ao Senado Federal

O anúncio pelo Presidente Bolsonaro da indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil nos EUA, decorre do voluntarismo do soberano, o...