terça-feira, 23 de janeiro de 2018

O grande equívoco da democracia (8)

O quadro político brasileiro está péssimo e decorre da eleição pelo povo dos políticos atuais. 
A solução não está, como querem alguns poucos, em regimes de exceção para extirpar essa "corja".
As mudanças tem que ser feitas dentro da democracia, com garantia das plenas liberdades, inclusive a de votar mal.
E não se diga que o povo não sabe votar. Sabe votar sim, e tem as suas razões para votar em quem tem votado e poderá continuar votando nos mesmos.
Para mudar é preciso partir de diagnósticos corretos.

Esse equívoco de diagnóstico leva o processo a continuar como está. Para desgosto do mercado e da "zelite".

A opinião publicada está plenamente consciente que a sociedade brasileira está doente e que o "povo" elege quem ela acha que não deveria eleger. São constatações objetivas e irrefutáveis.

Mas ela se recusa a aceitar as causas reais. Inventa causas ilusórias para insistir em remédios ineficazes. 

Se o diagnóstico estiver errado, a medicação estará errada. 

Colocamos aqui uma "segunda opinião" para confrontar com a primeira. Para ser devidamente avaliada e discutida. 

(cont)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A vontade do Soberano submetida ao Senado Federal

O anúncio pelo Presidente Bolsonaro da indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil nos EUA, decorre do voluntarismo do soberano, o...