sábado, 13 de janeiro de 2018

O grande equívoco da democracia

A grande ilusão ou equívoco dos analistas políticos é que o povo - o detentor efetivo do poder, nas democracias - elege seus representantes. Representante no sentido que representa os seus valores, suas idéias, sua visão política.
Na prática, não é bem assim: a maioria das pessoas, principalmente as de menor renda, elegem o seu "despachante", no sentido de seu vereador ou deputado o ajude a ter os serviços públicos de que necessita.

E que o Prefeito, Governador ou Presidente da República em quem vota, proveja tais serviços, em educação, saúde, segurança, mobilidade urbana e outros. Incluindo nesses a justiça. à qual mal tem acesso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A vontade do Soberano submetida ao Senado Federal

O anúncio pelo Presidente Bolsonaro da indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil nos EUA, decorre do voluntarismo do soberano, o...